Perguntas frequentes sobre o Coronavírus

Quais os sinais e sintomas da doença COVID-19?

Os principais sinais e sintomas do coronavírus são respiratórios, semelhantes a de um resfriado comum. Os sintomas mais comuns são: tosse seca, febre e cansaço. Podendo apresentar também: dificuldade para respirar (falta de ar), dores no corpo, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta e diarreia.

Quem tem mais risco de desenvolver sintomas mais graves da doença?

Pessoas idosas e pessoas com doenças pré-existentes (como hipertensão, diabetes, problemas cardiovasculares e imunosuprimidos) são mais propensas a desenvolver a forma mais grave da COVID-19.

Como ocorre a transmissão do novo coronavírus?

O novo coronavírus é transmitido de pessoa para pessoa. A principal forma de transmissão se dá através do contato com gotículas do nariz ou da boca, expelidas pela pessoa quando espirra ou tosse. A transmissão também pode ocorrer quando uma pessoa toca em objetos contaminados e posteriormente realiza contato com olhos, nariz ou boca.

Posso me contaminar por meio de aperto de mão ou beijo no rosto?

Sim, pois pode entrar o vírus nas vias respiratórias. Por isso é o momento de revermos alguns hábitos sociais como cumprimentar com beijo no rosto ou com aperto de mãos. No caso do segundo, higienizar as mãos após é uma medida eficaz de prevenção.

Há algum risco de que animais de estimação espalhem o vírus?

Não. Mesmo na China, onde o vírus está circulando, não se sabe de casos em que animais domésticos tenham sido responsáveis pela transmissão do vírus. Recomenda-se evitar o contato direto.

Por quanto tempo a doença pode ficar incubada?

O período de incubação da doença é de 2 a 14 dias. Esse período consiste no intervalo entre a data da contaminação pelo vírus até o início dos sintomas.

Quais situações são consideradas de risco para adquirir a doença COVID-19?

  • Situação 1: Febre (acima de 37,8ºC) e sintomas respiratórios E retorno de viajem internacional ou de áreas do Brasil com transmissão comunitária nos últimos 14 dias
  • Situação 2: Febre (acima de 37,8ºC)  E sintomas respiratórios E contato com caso suspeito ou confirmado
  • Situação 3: Contato domiciliar ou caso confirmado nos últimos 14 dias E febre (acima de 37,8ºC)  OU sintomas respiratórios

O que devo fazer se visitei recentemente um país que registrou casos da doença?

Por definição da Vigilância Epidemiológica de Juiz de Fora, em razão do nº de testes restritos, a testagem só está sendo realizada em pacientes internados com agravo de quadro.

O que é o isolamento respiratório domiciliar e quem deve adotar essa medida?

O isolamento respiratório domiciliar é uma medida de segurança que deve ser adotada para evitar a propagação da doença. Ele deverá ser instalado conforme orientação médica.

O paciente deve permanecer em domicílio durante 14 dias, utilizar máscara cirúrgica e manter distância de outras pessoas, como familiares. É importante manter ambiente ventilado e não compartilhar com outras pessoas alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal. O paciente deve sempre cobrir a boca ao tossir ou espirrar, higienizar as mãos frequentemente com sabonete e água ou álcool gel, evitar tocar a boca, nariz e olhos sem higienização prévia das mãos.

Qual o exame diagnóstico feito para detecção do novo coronavírus? Quando devo realizá-lo?

O exame se chama RT – PCR.

Atualmente, por definição da Vigilância Epidemiológica de Juiz de Fora, em razão do número de testes restritos, a testagem só está sendo realizada em pacientes internados com agravo de quadro.

A internação é necessária para todo caso positivo para o teste COVID-19?

A internação deve ser definida pela equipe médica, mas é indicada para pacientes que apresentem agravamento dos sintomas, como insuficiência respiratória ou que tenham sinais sugestivos de pneumonia.

Os antibióticos são eficazes na prevenção ou tratamento da COVID-19?

Não, os antibióticos não funcionam contra o vírus. Funcionam apenas em infecções bacterianas, por isso os antibióticos não podem ser usados como meio de prevenção ou tratamento. Não é recomendado de uso de Ibuprofeno em caso de febre.

Existe vacina para prevenção ao coronavírus?

Até o momento, não. No entanto, cientistas ao redor do mundo, já iniciaram pesquisas para desenvolvimento de vacina e alguns antivirais estão em teste. Ainda é precoce indicar quando teremos uma vacina disponível. Será realizada a antecipação da vacina da gripe.

Como é feito o tratamento para a COVID-19?

Os pacientes infectados recebem tratamento para alívio dos sintomas, conforme cada caso, como por exemplo, uso de medicamentos para dor e febre, uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio de dor de garganta e tosse.

É fundamental procurar ajuda médica imediata caso haja agravamento dos sintomas.

Tenho exames e procedimentos agendados no Hospital Monte Sinai. Como devo proceder?

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde e para adaptar a estrutura à novas estratégias de operação frente ao enfrentamento da pandemia, todas os procedimentos e Cirurgias Eletivas a partir de quinta-feira, dia 19/03/2020. Com exceção de Cirurgias de Urgência e Emergência, Cirurgias Oncológica, Obstetrícia e Cirurgias Cardíacas.

O posto de coleta do Laboratório Monte Sinai (no hospital) também não está fazendo atendimentos externos. Os demais postos (na avenida Rio Branco e Manuel Honório) estão funcionando.

O que posso fazer para me proteger e evitar a propagação da doença?

  • Higienizar regularmente as mãos com álcool gel ou água e sabão
  • Manter distância de pelo menos 1 metro entre você e qualquer pessoa (tosse ou espirro pode levar gotículas a mais de 2 metros);
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca, sem antes higienizar as mãos;Evitar aglomerações

Quanto tempo o coronavírus da SARS COVID-19 sobrevive nas superfícies?

Madeira, Vidro, Papel: 4 dias

Metal: 48 horas

Alumínio: 2 a 8 horas

Plástico: 5 dias

Que produtos de limpeza são capazes de matar o coronavírus?

Álcool 70%, água sanitária e até com a combinação de água e sabão.

Grávidas correm risco maior?

Sim, embora não existam dados o suficiente. Gestantes apresentam alterações no seu sistema imunológico (de defesa de infecções).

Lactantes com suspeita da doença podem amamentar?

Até o momento não se detectou presença de vírus no leite materno e nem a contaminação de bebês por esta via. Vale lembrar que a transmissão ocorre por meio de secreções de vias aéreas. O uso de máscara cirúrgica e higiene das mãos antes do contato com o bebê são medidas que diminuem as chances de contágio.

O exame específico para detecção do coronavirus e coberto pelo plano de saúde?

Há uma normativa específica da Agência Nacional de Saúde Suplementar para cobertura deste exame e tratamento.

Se deu positivo, o meu tratamento é coberto pelo plano de saúde?

Consulte sua operadora de saúde.

 

Caso ainda tenha dúvidas, o Hospital Monte Sinai disponibilizou um canal especial para atender a todos: Sinai Responde.

Horário de funcionamento:  8h às 13h e 14h às 18h de segunda à sexta-feira

(32) 2104- 4759

 

Outras medidas foram necessárias para adaptação ao momento de pandemia e por isso fique atento às regras antes de procurar o Hospital Monte Sinai.

Restrição de visitas

Visitas suspensas: UTI Adulto e Unidade Coronariana, a pacientes transplantados, Pastoral, Maternidade e visita de avós na UTI Neonatal.

  • Visitas na UTI NEONATAL: apenas às 9h da manhã restrita a uma pessoa (Pai ou Mãe)

Familiares de pacientes em terapia intensiva recebem informação em horário especial diretamente da equipe assistencial.

  • Unidade de Internação: visitas suspensas, permitido apenas um acompanhante (e só serão autorizados se estiverem fora do grupo de risco e sem sintomas gripais)Transmissão simultânea de parto suspensa

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2