Restrições de visita em função do Coronavírus no Hospital Monte Sinai

ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

O fluxo seguro do Hospital Monte Sinai permite a retomada gradativa de todos os setores do Hospital e começa a se organizar para atender com segurança no "novo normal". Confira:

O Monte Sinai, mais uma vez, sai na frente no enfrentamento da pandemia, sabendo que até a chegada da vacina terá que que atender a todos com segurança, pois as doenças e cirurgias não poderão esperar. O Hospital entra em nova fase de atuação reativando parcialmente alguns setores e vai aprendendo a conviver com um "novo normal".  

O Centro cirúrgico vai sendo cada vez mais demandado. O Hospital vai se provando um local seguro, pois o uso de EPIs e cuidados de higienização corretos é uma constante. O Monte Sinai chegou a antecipar a inauguração de 12 leitos da UTI especializada em cardiopatias (Unidade Coronoariana), para acolhimento e atendimento dedicado. E a rotina hospitalar vai retomando suas cenas mais frequentes. 
Nestes quatro meses, o Monte SInai construiu um padrão de cuidados muito seguro para pacientes, médicos e colaboradores. E, agora, redesenha sua estrutura e fluxos novamente, mantendo rigoroso controle e contando com uma equipe qualificada e comprometida. E se reorganiza para este “novo normal”, com definição de condutas e estruturas para isolamento do atendimento aos fluxos Covid e  geral claros e com toda segurança. Seguimos avançando, certos de que, juntos, vamos vencer esta crise.

A estrutura da UTI Neonatal continua deslocada para o prédio Leste - onde pacientes suspeitos ou confirmados não têm qualquer interação com os demais ou equipes assistenciais e administrativas envolvidas no enfrentamento do Coronavírus. A Maternidade também permanece num fluxo totalmente isolado no prédio Leste. E é neste mesmo prédio que fica a entrada de outros pacientes eletivos, visitantes e acompanhantes, além de pacientes de longa permanência. O fluxo é vertical e seguro, com entradas especiais, inclusive, no Centro Cirúrgico.

As UTIs Covid e não Covid continuam separadas, com os pacientes de coronavírus tendo uma unidade exclusiva com todos os recursos necessários para atender às necessidades específicas e com um time de assistência dedicado. 

Os processos de hotelaria, farmácia, administrativo e assistência estão sendo permanentemente redesenhados para atender a este novo cenário. O Comitê de Crise se reúne, periodicamente, para avaliar resultados, fazer ajustes ou tomar novas condutas de acordo com o avanço ou contenção da pandemia, seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde, Anvisa e outras normativas e legislações.

 

MEDIDAS E CONDUTAS SEGURAS

Cirurgias eletivas: retomadas com segurança e fluxos seguros desde 20/04/2020. 

Os cuidados de fluxo de entrada independente, restrição de circulantes e uso de  EPIs é rigorosa. A coordenação do Centro Cirúrgico acompanha determinações e recomendações e segue orientando equipes médicas visando a segurança de todos.. 

RECOMENDAÇÕES AOS PACIENTES DE PROCEDIMENTOS ELETIVOS:

Para evitar aglomerações, garantir segurança aos pacientes e colaboradores, é importante seguir as determinações:

- Entrada pela portaria da Avenida Presidente Itamar Franco;
- Utilize máscara de proteção;
- Confirme que seu procedimento está com todo o processo de pré-internação conferido e garantida a data e horário de internação. Os agendamentos estão restritos para segurança de todos;
- Não compareça (mas informe antecipadamente) caso tenha algum sintoma gripal (tosse, coriza, dor de garganta, congestão nasal, febre);
- Só leve acompanhante em caso de real necessidade;
Evite levar idosos ou pessoas do grupo de risco do Coronavírus ao hospital.
As áreas estão organizadas de forma a manter o distanciamento entre pessoas.

 

VISITAS FLEXIBILIZADAS:

Permanecem as regras de visitas para pacientes transplantados, Pastoral, Maternidade e visita de avós na UTI Neonatal.

  • Visitas na UTI NEONATAL: apenas às 9h da manhã restrita a uma pessoa (Pai ou Mãe)

Familiares de pacientes em terapia intensiva recebem informação em horário especial diretamente da equipe assistencial.

  • Unidade de Internação: visitas suspensas, permitido apenas um acompanhante (e só serão autorizados se estiverem fora do grupo de risco e sem sintomas gripais)Transmissão simultânea de parto suspensa

 

Nas UTI Adulto e Unidade Coronariana as visitas foram flexibilizadas mas as regras de circulação passam a ser rigorosas, pois o objetivo é permitir um conforto às famílias e pacientes internados. Acompanhe:

O visitante vai assinar um documento de que recebeu as orientações, indispensáveis neste momento de pandemia de Covid-19. O Termo de Consentimento tem o objetivo de orientar visitantes de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI não – COVID)  e Unidade Coronariana (UCO) sobre os procedimentos de precaução durante a visita, considerando cuidados adicionais em tempos de pandemia.

Orientações gerais:

  • As visitas serão restringidas em tempo, número de pessoas e frequência, com o objetivo de reduzir o fluxo de pessoas no setor, e consequentemente, reduzir os riscos de transmissão para pacientes e colaboradores;
  • A pessoa que participará da visita será de escolha da família ou responsável;
  • Não recomendamos que idosos (acima de 65 anos) ou pessoas com doenças crônicas (diabetes, hipertensão, por exemplo) sejam escolhidas neste momento;
  • Está proibida a entrada de visitante sintomático (com febre, tosse, dor de garganta, falta de ar);
  • Durante a visita, os visitantes deverão usar máscara n95/PFF2, avental descartável, gorro descartável, óculos/protetor facial e luvas descartáveis. Abaixo, serão fornecidas informações sobre como colocar (paramentação) e retirar (desparamentação) esses equipamentos de proteção individual;
  • Atenção especial deve ser dada a higienização das mãos. O visitante deverá também evitar tocar superfícies próximas ao paciente (ex: mobiliário e equipamentos de saúde);
  • No momento da entrada do visitante no setor, recomenda-se a supervisão por um profissional de saúde para orientação sobre possíveis dúvidas;
  • Os visitantes não deverão circular em áreas públicas do hospital, como por exemplo restaurantes e lanchonetes.

 

Sobre os equipamentos de proteção individual:

  • O hospital fornecerá para cada familiar: gorro descartável, capote descartável, luva descartável e óculos/protetor facial;
  • Será de responsabilidade do familiar trazer sua máscara n95/PFF2 em boas condições (sem sujidades ou danos estruturais ao tecido ou elástico);
  • A máscara n95/PFF2 é de uso individual; pode ser adquirida em farmácias, casas cirúrgicas
  • Em caso de dúvidas entre em contato com o Sinai Responde pelo Telefone: (32) 2104-4759 ou Telefonia: 2104-4000.

 

COMO COLOCAR E RETIRAR SEU EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL:

Antes de entrar no setor (UTI/UCO):

  • Higienize as mãos;
  • Coloque a máscara n95/PFF2 cuidadosamente para cobrir a boca e o nariz e ajuste com segurança para minimizar os espaços entre a face e a máscara.
  • Enquanto estiver em uso, evite tocar na parte da frente da máscara. Se porventura tocar essa parte, realize imediatamente a higiene das mãos.

Na UTI/UCO:
 

Ao sair da UTI/UCO:

  • Higienize as mãos
  • Retire a máscara n95/PFF2 pelas tiras laterais.
  • Para remover a máscara, retire-a pelos elásticos, tomando bastante cuidado para nunca tocar na sua superfície interna e a acondicione de forma a mantê-la íntegra, limpa e seca para o próximo uso. Para isso, pode ser utilizado um saco ou envelope de papel, embalagens plásticas ou de outro material, desde que não fiquem completamente fechadas. Os elásticos da máscara deverão ser acondicionados de forma a não serem contaminados e de modo a facilitar a retirada da máscara da embalagem. Importante: Se no processo de remoção da máscara houver contaminação da parte interna, ela deverá ser descartada imediatamente.

 

Número atual de pacientes suspeitos e confirmados:

    

Nas últimas 72 horas, houve 4 internações de paciente com suspeita de Covid-19. Foram coletadas amostras de 21 pacientes atendidos no Pronto Atendimento.
No Hospital Monte Sinai, hoje, há 17 pacientes internados na Unidade Covid, destes 9 em Cuidados Intensivos (8 confirmados e 1 em investigação) e 8 em Cuidados Clínicos (4 confirmados e 4 em investigação).
Desde o dia 27/02/2020 foram atendidos pelo hospital 3.782 pacientes como casos suspeitos, todos devidamente notificados à Vigilância Epidemiológica. Destes, 1.729 foram testados para Covid-19, sendo 434 resultados considerados positivos*.
Dos 148 pacientes internados com resultado positivo para Covid-19, 118 tiveram alta hospitalar e 12 permanecem internados.
Óbitos: 18 óbitos confirmados anteriormente. 

*Testados: 01 exame coletado pelo Laboratório da Santa Casa, 03 exame coletado pelo Laboratório Lemos, 05 exames coletados pelo Laboratório Cortes Vilela, 01 exame coletado pelo Laboratório Lawal, 03 Exames coletados pelo Laboratório da UFJF, trazidos pelos pacientes durante atendimento, 01 paciente considerado positivo por orientação da Vigilância Epidemiológica com base na clinica e epidemiologia, 393 exames coletados pelo Laboratório Monte Sinai, 16 pela Vigilância Epidemiologia. Outros laboratórios: 11.

Como Chegar Marker

Urgência, emergência,
atendimento ambulatorial e visitas a unidades fechadas (utis)

Rua Vicente Beghelli, 315

pacientes internados, visitantes e acompanhantes

Avenida Presidente Itamar Franco
(antiga Av. Independência), 4000

fornecedores e entregas

Rua Antônio Marinho Saraiva, s/n

Heliponto

Latitude: 21º 46' 862" Sul
Longitude: 043º 21' 887" Oeste

Copyright © 2004 Hospital Monte Sinai. Todos os direitos reservados. Endereço: Av. Presidente Itamar Franco 4000, Cascatinha - Juiz de Fora/ MG CEP: 36033-318 / Telefone: (32) 2104-4455 / (32) 2104-4000

Quality Safaty - Hospital Monte Sinai
Desenvolvido por: Logohandcom2